top of page

Mega Drive

O Mega drive, ou Sega Gêneses foi lançado no Japão em 1988 e nos EUA em 1989. No Brasil seu lançamento foi oficialmente em setembro de 1990, através da Parceria entre SEGA e TecToy. Ele era um console de videogame que fez muito sucesso nos anos 90.

O LANÇAMENTO

O Mega drive, ou Sega Gêneses como muitos conhecem na América do Norte, é um console de videogame que fez muito sucesso nos anos 90 e garantiu um status bastante significativo quando o assunto é diversão. Originalmente, o console foi lançado pela SEGA no Japão em 29 de outubro de 1988, mas só chegou em terras norte americanas quase um ano depois, em 14 de agosto de 1989. O videogame está incluso na quarta geração de consoles, sendo, portanto, um console de 16 bits. A entrada do Mega Drive no mercado, assim como outros videogames que competiram como ele (nessa época o principal rival do console era o Super Nintendo), marca uma nova era dos videogames na América do Norte, já que a Europa ainda estava se recuperando da grande crise dos videogames. Por isso, a SEGA queria impressionar as pessoas com um hardware e um software que fizesse diferença para as pessoas. Apesar da empresa ter ganhado reconhecimento e prestígio na época com o seu console, a Nintendo já tinha uma história bem mais consolidada nos Estados Unidos, que surgiu com os seus famosos jogos de fliperamas. Mas o fato é que, com um período pós crise, era necessário que as empresas de jogos se desafiassem, já que a exigência de mercado não era mais a mesma. E foi isso que aconteceu, a forma de produzir jogos e consoles mudou consideravelmente, sem falar nas estratégias de marketing usadas para divulgá-los. Em alguns casos, a SEGA chegava a realizar campanhas publicitárias bem agressivas contra a Nintendo.


E NO BRASIL, COMO FOI A SUA HISTÓRIA?


No Brasil seu lançamento foi oficialmente em setembro de 1990, através da Parceria entre SEGA e TecToy. Mas antes disso, muitas pessoas já tinham acesso ao console de maneira ilegal, seja através dos chamados nipo-brasileiros, brasileiros que trabalhavam no Japão e mandavam o videogame aos seus familiares no Brasil, ou mesmo a partir de comerciantes chineses localizados na fronteira entre Brasil e Paraguai.


Aqui no Brasil, tanto o Master System quanto o Mega Drive, ambos da SEGA com parceria com a TecToy, conviveram simultaneamente no mercado. Por existir uma retrocompatibilidade entre os dois videogames, era comum o uso de cartões e cartuchos do Master System no Mega Drive ou mesmo jogos de sucesso do Mega Drive rodando no sistema de 8 bits do Master System. De lá para cá, várias versões do Mega Drive foram lançadas no Brasil. Mas algo curioso ao falarmos do Mega Drive é que, mesmo após trinta anos do seu lançamento o console ainda continua sendo vendido e apreciado por muitas pessoas do nosso país. E ai, você é uma delas?


Confira abaixo um pouco mais dessa história no vídeo “A história do Mega Drive: a era de ouro dos games no país.


Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=H4kExofI83E&t=362s

PROPAGANDAS NA TV

Vídeo: https://youtu.be/yu2Jwo5TUak?t=2

Vídeo: https://youtu.be/RkcCPjyLHsE?t=4

Vídeo: https://youtu.be/Y1BfRmjkkIo?t=15

Vídeo: https://youtu.be/YIQCty15HKw?t=6


O CONSOLE



O Mega Drive brasileiro sempre foi tido como idêntico ao Gêneses americano, apenas com a diferença em ter o sistema NTSC convertido para o PAL-M, que só é utilizado no Brasil. Mas no caso do Mega Drive III até as diferenças externas vão um pouco além. Por exemplo, a porta RF é encontrada somente na versão brasileira. No Japão, na Europa e nos EUA os televisores sem entradas A/V já estavam extintos até 1993 e a SEGA optou por não colocar uma porta RF. Mas no Brasil, sempre com atrasos, as TVs sem entrada A/V ainda predominavam, razão pela qual a TecToy deve ter optado por incluir uma porta RF. A inclusão da porta RF no modelo nacional pode ter obrigado a TecToy a redesenhar a PCB, como fabricar a própria para o seu primeiro modelo, o VAO.


Nesta placa, são colocados os dois chips originais do Mega Drive III, com os processadores Motorola 68000 e Yamaha Z80, bem como todos os outros controladores como é o Gêneses II americano. O design do aparelho, agora mais compacto possui originalmente a cor preta. Possui também sua entrada para cartucho no meio, e acima o nome “Mega Drive III”. Abaixo da logomarca da SEGA, encontrada no meio do aparelho, estão os botões de liga e desliga, o indicador de ligado e o botão Reset, já na extremidade da frente se localiza as duas entradas de joystick. Do lado direito do aparelho, na face inferior, dispõe de um compartimento de extensão usados para acoplar o Sega CD, e do outro lado, estão o seletor de canal de TV e a saída RF. Na traseira se encontram saída de áudio/vídeo e conetor do adaptador AC. Modelos posteriores do Mega Drive III removeram o suporte ao Sega CD, mesmo assim mantendo o acesso à porta lateral. A TecToy, por conta própria decidiu criar várias revisões da PCI (Placa de Circuito Integrado) do Mega Drive III nacional até 1996, trocando chips mais baratos para diminuir os custos do aparelho.


O controlador, que acompanha o console, é o padrão de três botões. Comprando uma Mega Drive III na caixa, acompanham a embalagem: um console, um controle, um adaptador de antena com cabo RF, um adaptador AC, um manual de instruções, um cartucho do jogo Sonic the Hedgehot e um manual de instruções do jogo. Outras versões do Mega Drive III tinham um pacote diferente, com o desenho na caixa ilustrando jogos cujos cartuchos vinham no console, como é o caso de Street Fighter, Mortal Kombat, Show do Milhão e Fifa Soccer. Os consoles dessa linha foram vendidos entre 1992 e 1996, tinham fonte externa interna (a TecToy não fazia um controle de versões adequado para os modelos e lançava os consoles de acordo com a disponibilidade de peças de hardware em sua linha de produção), além da saída de vídeo mini-din.


JOGOS DE SUCESSO PRODUZIDOS PARA O MEGA DRIVE


Em 2004 a TecToy revelou uma lista com os jogos mais vendidos para o Mega Drive, sendo eles:


JOGOS EDUCATIVOS


O Mega Drive também publicou vários jogos específicos para a educação, confira abaixo alguns deles:


Bible adventure: Lançado em 1995 para o Mega Drive, esse game traz uma vários ensinamentos cristãos retirados da Bíblia.


Mick e Mack: Global Gladiators: Lançado em 1992 para o Mega Drive, esse game foi baseado na rede de Fast food MacDonald’s com uma forte mensagem ambientalista.


Math Blaster: Episode 1 – In Search of Spot: Lançado em 1993 para o Mega Drive, esse game é um título educacional com elementos de arcade projetado para ensinar alunos a aprender matemática enquanto se divertem. O jogo permite que os alunos pratiquem as habilidades básicas de adição, subtração, multiplicação, além de frações, decimais, porcentagens, estimativas e padrões numéricos.


Scholastic’s The School Bys: Space Exploration Game: Lançado em 1995, esse game foi baseado no programa infantil The Magic School Bus. No jogo, os jogadores aprendem sobre o Sistema Solar.


Barney's Hide & Seek Game: Lançado em 1993 para o Mega Drive, o jogo foi inspirado no programa infantil Barney & Friends. É um game educativo que explora vários conceitos relacionados à contagem, correspondência e solução de problemas.


PARA ALÉM DO ENTRETENIMENTO


Produzir um console para fazer sucesso no mercado é um desafio para qualquer desenvolvedora, independentemente da época. Considerando esses desafios, o Mega Drive da SEGA pode ser considerado como um dos consoles de videogames mais populares que o mundo já viu, sua notoriedade foi um reflexo de um trabalho feito com muito cuidado.


Além dos seus games promoverem diversão e entretenimento, cabe ressaltar o grande poder que tiveram no desenvolvimento cognitivo de quem os jogava, era uma oportunidade para aprender jogando em frente àquelas telas dinâmicas. Os estímulos visuais e auditivos cada vez mais prendiam a atenção dos jogadores, desenvolvendo assim, o raciocínio lógico e a memória. Tudo isso, claro, não ficava somente na história dos jogos para poder serem jogados, na realidade essas mesmas funções passavam a ser fundamentais na execução de inúmeras tarefas do dia a dia, das mais simples até as mais complexas. Por isso, muitos games com foco em questões específicas na educação foram desenvolvidos visando uma melhor aprendizagem pelos alunos, já que o universo dos games já era uma realidade cultural na vida das pessoas.


REFERÊNCIAS

https://bojoga.com.br/acervo/consoles/geracao-4/mega-drive-iii-bra/

https://www.theenemy.com.br/mega-drive/historia-mega-drive-brasil-destravado

https://pt.wikipedia.org/wiki/Mega_Drive#Mega_Drive_no_Brasil



Galeria de Fotos

bottom of page